Retrospectiva 2018 e Feliz 2019!

Pra mim, fim de ano é sinônimo de reflexão sobre tudo o que aconteceu e tudo que eu desejo para o novo ano. 2018 foi um ano de muitas mudanças e muitos desafios, em que eu aprendi o verdadeiro significado de resiliência, de continuar em frente, trabalhando para superar dificuldades e abrir as  portas fechadas. Para a minha alegria, pude contar com pessoas muito especiais ao meu lado, que tornaram meu ano muito mais feliz e apoiaram-me em todos os desafios. Além disso, também tive um ano cheio de novos destinos, experiências e aprendizagem! Vem comigo nessa retrospectiva 2018!

Janeiro/2018

Comecei 2018 passando a virada do ano em Berlim. Nunca tive muita vontade de conhecer a Alemanha, mas preciso admitir que Berlim me surpreendeu e só me deixou com vontade de voltar a visitar outras cidades alemãs!

Fevereiro/2018

Fevereiro foi o mês de viajar a trabalho, mas cada segundo livre foi muito bem aproveitado para conhecer um pouco dessas cidades lindas! Meu destino final era Dubai, mas fiz uma escala de aproximadamente 20h em Istambul, o que me deu algum tempo para conhecer os principais pontos da cidade, experimentar muuuuita comida local e me deixar louquinha para voltar à Turquia (especialmente para conhecer a Capadócia)!

Março/2018

Março foi o mês de ir ao Brasil matar aquela saudade da família e dos amigos e, no caminho, fiz uma escala em Madri e curti um pouco da cidade, que já tinha visitado no ano anterior.

Abril/2018

Abril foi o mês de receber a visita de uma amiga de infância e passear com ela por Portugal. Fomos à Lisboa, Cascais, Porto, Espinho, Aveiro, Ovar e outras cidades pequeninas e encantadoras de Portugal.

Maio/2018

Pela primeira vez, viajei sozinha à lazer e foi uma experiência incrível! Parti com o objetivo de me conectar comigo mesma, refletir e repensar algumas decisões importantes. Voltei me sentindo feliz, forte, determinada e com as energias renovadas. Visitei novamente minha amada Barcelona, e aproveitei para conhecer Valência e Andorra, dois lugares que ganharam o meu coração!

Junho/2018

Junho não foi mês de viagens, porque estive ocupadíssima distribuindo risadas e fazendo a festa com os meus amigos! Teve Copa do Mundo, teve Festa de São João e teve Rock in Rio em Lisboa: querem desculpas melhores para reunir os amigos e se divertir muito?

Julho/2018

O verão chegou na Europa, e para onde fomos? Para as lindíssimas praias do sul de Portugal: o Algarve! Fiquei perdidamente apaixonada pelas paisagens e já estou ansiosa pelo próximo verão!

Agosto/2018

No mês que os turistas empilham-se pelas cidades e praias, escapei para o interior e visitei o Parque Nacional Peneda-Gerês, dividido entre Portugal e Espanha. Visitei cascatas lindíssimas e curti muito as belezas naturais da região. Além disso, também fiz uma “viagem no tempo” e fui a uma incrível festa na era medieval, em Santa Maria da Feira, e visitei a colorida cidade de Águeda.

Setembro/2018

Setembro foi um mês super especial! Comecei o mês visitando Óbidos, Nazaré e a incrível ilha da Berlenga Grande, na região central de Portugal.

Na segunda metade de setembro, recebi a visita da minha irmã e meu cunhado e fizemos uma viagem incrível, passando por várias cidades na Polônia, sul da Alemanha, nordeste de Suíça, Liechtenstein e Áustria!

Outubro e Novembro/2018

Outubro e novembro foram meses de muito trabalho, importantíssimos para pensar nos novos projetos para 2019!

Dezembro/2018

Encerrei o ano com chave de ouro, fazendo um passeio de enoturismo pelo Vale do Douro, em Portugal, a convite da Lab Portugal Tours. Foi um passeio lindíssimo e vocês podem ver mais detalhes aqui!

E, é claro que, o meu amado Porto não pode faltar nessa retrospectiva, já que é o meu lar doce lar, de janeiro a dezembro!

2018 foi um ano de muitos desafios, mas também de muitas realizações. Cada um de vocês foi muito importante para tornar este ano tão especial e feliz! Muito obrigada por viajarem comigo! Feliz 2019, que todos os dias sejam de muita alegria, saúde, amor, paz e realizações! Beijão ❤

Parque Terra Mágica Florybal

Na minha breve visita ao Brasil, tive a oportunidade de conhecer o Parque Terra Mágica Florybal, em Canela, na Serra Gaúcha. Localizado em uma bela área de natureza, com riacho e árvores para todos os lados, o parque encanta as crianças (e também os adultos)!

Em meio ao verde da natureza, o parque traz esculturas de dinossauros, seres mágicos, animais, personagens bíblicos e mitológicos, homens de pedra e muito mais! Isso sem falar no delicioso chocolate artesanal, produzido pela Florybal.

Parque Terra Mágica Florybal

O parque é dividido em várias seções e a experiência já começa no Pórtico de Entrada! Somos recebidos pelo Gigante Semeador, que carrega o mundo mágico nas costas, e depois passamos por um tunel, que nos liberta do peso do mundo real.

Uma das áreas mais interessantes do parque é o Território dos Dinossauros, com uma escultura mais impressionante que a outra!

O Mundo Animal também é puro encanto!

Toda esta beleza é protegida pelo Guardião da Floresta.

Há, ainda, o Espaço da Fé, o Lago das Deusas e o cantinho da mitologia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além da beleza do parque, o que me fez admirar ainda mais a Florybal foi a responsabilidade social e a solidariedade praticadas pela empresa. A Florybal apoia instituições sociais, doando ingressos do parque, para que sirvam de atrativo em campanhas de doação de alimentos. Um belíssimo exemplo!

O parque está aberto diariamente, das 9h às 17h30min, inclusive domingos e feriados. É um passeio para uma tarde inteira (ou um dia) em família, já que o parque possui uma boa estrutura, com banheiros, restaurantes e muitas atrações.

Atualmente, o ingresso custa R$ 70 por adulto ou R$ 35 por criança, estudante ou idoso. Também são oferecidas algumas atividades que necessitam de um ingresso à parte, como o cinema 7D (R$ 20 por adulto e R$ 10 por estudante e idoso), o velociraptor (R$ 10), o passeio de Dino-Móvel, o vôo no Pterodáctilo (R$ 10 por pessoa) e os brinquedos do parquinho up (R$ 5 por brinquedo).

Para mais informações e preços atualizados, clique aqui e acesse o site oficial.

Vai viajar e já quer deixar tudo organizado antes? Comece a planejar a sua viagem por aqui, sem pagar qualquer taxa a mais, muitas vezes estará ganhando descontos e ainda estará ajudando o projeto Amanda Sem Fronteiras, para trazer mais e mais dicas para você!

Banner- afiliados

United Buddy Bears e o estereótipo brasileiro

Essa semana eu postei no Instagram sobre a exposição United Buddy Bears, que eu tive a oportunidade de visitar em Berlim. A exposição é composta por aproximadamente 140 ursos, representando as nações reconhecidas pela ONU. Cada urso foi pintado por um artista nativo, de modo a representar o seu próprio país. É uma bela mistura de cores, criatividade e cultura!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O objetivo da exposição, que viaja o mundo inteiro, é justamente promover o conhecimento e compreensão entre os povos. Assim, os ursos estão todos posicionados de “mãos dadas”, simbolizando a paz, a tolerância e a união entre povos, religiões e culturas.

 

Nas fotos que eu postei, há ursos representando diversos países, mas eu propositadamente não postei o urso que representa o Brasil e aqui vou dizer o porquê. Não, eu não tenho o chamado “complexo vira-lata”, que desvaloriza a sua origem: meu motivo é exatamente o oposto disso! Tenho, na verdade, um forte problema com a imagem que nós brasileiros vendemos para o mundo, que é sempre a mesma. No exterior, somos o país do futebol, do samba, do carnaval, da caipirinha, das praias e da Amazônia (e também da prostituição e da criminalidade). Sim, é verdade que o Brasil tem tudo isso, mas também tem MUITO MAIS, e é isso que me incomoda. O Brasil é tão rico culturalmente, com uma diversidade gigantesca de raças, músicas, religiões, belezas, esportes, paisagens, comidas e muito, muito mais! Merecemos promover e celebrar a nossa diversidade, ao invés de insistirmos no mesmo estereótipo de sempre.

United Buddy Bear

Eu sou uma brasileira que não tem talento para esportes ou samba, mas minha mente é hiperativa. Eu adoro o POP ROCK brasileiro, mas, se for pra dançar, prefiro vaneirão ou funk. Tenho pavor de cachaça, então quero mesmo é uma caipirinha de vodca. No meu aniversário, preciso de bolo de negrinho com morango (vem aí as diferenças linguísticas entre as regiões, que também representam o nosso Brasil). Estranhamente para quem vê de fora e só conhece o Brasil tropical, no meu Brasil não é verão o ano inteiro.

Sou menos brasileira por isso? Não! Nem eu e nem milhares de outros brasileiros, que também têm características pessoais que fogem do estereótipo. Então, por que insistimos em vender uma única e mesma imagem? Quero mais é mostrar para o mundo a alegria, a incrível diversidade e todos os tipos de beleza do Brasil e do povo brasileiro!

Vai viajar e já quer deixar tudo organizado antes? Comece a planejar a sua viagem por aqui, sem pagar qualquer taxa a mais, muitas vezes estará ganhando descontos e ainda estará ajudando o projeto Amanda Sem Fronteiras, para trazer mais e mais dicas para você!

Banner- afiliados